Iniciação Científica

A Iniciação Científica (IC) é uma modalidade de pesquisa acadêmica destinada aos alunos de graduação, que permite desenvolver ou participar de um projeto de pesquisa em qualquer área do conhecimento, sob orientação de um pesquisador vinculado à universidade.​ As informações detalhadas sobre IC na UFSCar estão disponíveis no site da CoPICT (Coordenadoria de Programas de Iniciação Científica e Tecnológica): https://www.copict.ufscar.br.

Por que fazer uma IC?

  • Proporciona contato com o mundo acadêmico e aprofundamento em um tema de interesse;​​
  • Aprimora a escrita acadêmica e a compreensão de artigos científicos;
  • Possibilita a participação dos alunos em congressos e eventos acadêmicos;​​
  • Desenvolvimento profissional: aprendizado de práticas de pesquisa, metodologias e resolução de problemas;​​
  • Desenvolvimento pessoal: amadurecimento do pensamento crítico, autonomia e senso de responsabilidade.​

Como funciona a IC?

  • Tem duração de 12 meses, sendo prorrogável por mais doze meses;​
  • Envolve o desenvolvimento e a condução de um projeto de pesquisa;​
  • É preciso entregar um relatório parcial após 6 meses e um relatório final ao completar os 12 meses;​
  • O projeto de IC pode ser financiado ou não por agências de fomento, tais como Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico);
  • Há possibilidade de ser desenvolvida na modalidade com bolsa por alunos em estágio (verificar normas de cada edital), mas não é possível receber bolsa caso tenha vínculo empregatício.

 

A IC na UFSCar

Os projetos de iniciação científica na UFSCar são avaliados e selecionados pela Coordenadoria de Programas de Iniciação Científica e Tecnológica (CoPICT) da Pró-Reitoria de Pesquisa, juntamente com os membros representantes do Comitê de Iniciação Científica e Tecnológica (CoICT). Os projetos são selecionados anualmente, entre os meses de março e abril, por meio de Edital de Seleção de Iniciação Científica e Tecnológica. As informações detalhadas e os editais anteriores e vigentes estão disponíveis no site da CoPICT: https://www.copict.ufscar.br.

Modalidades de IC na UFSCar

Programas de IC com bolsa

O PIBIC (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica) é um programa voltado para a iniciação à pesquisa dos alunos de graduação, por meio da concessão de bolsas do CNPq.

O PIBIC-Af (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas) é similar ao PIBIC, porém com o diferencial de ser um programa direcionado aos alunos cuja inserção no ambiente acadêmico se deu por uma ação afirmativa nos vestibulares da UFSCar. 

O PIBITI (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação) é um programa que visa estimular estudantes do ensino superior com pesquisas que envolvam o desenvolvimento e transferência de novas tecnologias e inovação. 

As quotas e vigências das modalidades PIBIC, PIBIC-Af e PIBITI são dependentes da disponibilidade do CNPq.

Programa de IC sem bolsa

ICTSR (Iniciação Científica e Tecnológica sem Remuneração) possui os mesmos objetivos das modalidades que oferecem bolsa, isto é, contempla os alunos interessados no envolvimento em atividades científicas e tecnológicas da universidade. Contudo, este programa é destinado aos discentes que não receberão bolsa no processo de seleção, seja por falta de quota institucional de bolsas, por possuírem outras fontes de remuneração ou terem sido reprovados em 20 créditos ou mais.


Quero fazer uma IC, mas por onde começo?

  


Dica: Lembre-se que o processo de seleção ocorre anualmente, entre os meses de março e abril. Prepare-se com antecedência!

 

Projetos de IC do Curso de Administração

 

Ciclo 2020/2021

Análise das competências e habilidades necessárias para o processo de transformação digital nas organizações
Gabriel Galvão de Lacerda, Paula De Camargo Fiorini - Modalidade PIBIC
Blockchain e suas aplicações: uma revisão e análise bibliométrica
André Augusto Santos, Paula De Camargo Fiorini - Modalidade ICTSR
Análise das implicações da adoção do sistema produto-serviço para os processos de negócios das organizações
Gustavo Gomes de Paula da Rocha, Paula De Camargo Fiorini - Modalidade PIBIC-Af
Perspectivas do neuromarketing: comportamento do consumidor sob a ótica da pesquisa em neuromarketing
Giovanna Caroline Butinhão da Silva, Éderson Luiz Piato - Modalidade ICTSR
Estudo da reprecificação de stock options para fazer frente às mudanças trazidas pela COVID-19
Tábatha Caroline Marcelino, Isabel Cristina Sartorelli - Modalidade ICTSR
Entraves para aquisição de medicamentos à base de Canabidiol no tratamento de sintomas desencadeados pelo espectro autista: uma análise qualitativa na região metropolitana de Sorocaba
Hudson Caetano de Abreu Filho, Monica Fabiana Bento Moreira Thierschi - Modalidade ICTSR
Estudo sobre as empresas spin-offs criadas a partir das unidades acadêmicas da UFSCar
Carlos Henrique Conde Mundim, Neila Conceição Cunha Nardy - Modalidade PIBIC

 Ciclo 2019/2020

A contabilização do ágio por combinações de negócios: o caso Vale S.A
Ariany de Oliveira Meth, Isabel Cristina Sartorelli
Análise da aplicação dos princípios da economia circular na gestão da tecnologia da informação verde: estudo de caso na cadeia de eletrônicos 
Victor Gabriel Pedroso Lima, Paula De Camargo Fiorini - Modalidade ICTSR
Análise das implicações e desafios éticos da mídia programática na era do big data: um estudo sob as perspectivas de especialistas e de consumidores
Giovanna Dias Zalla, Paula De Camargo Fiorini - Modalidade ICTSR
Como as empresas constroem sua imagem on-line para buscar e reter pessoas
Isabela Martins da Silva, Cristina Lourenço Ubeda
Levantamento sobre a participação das mulheres em cargos de reitoria nas universidades federais
Maria Gabriella Giatti, Cristina Lourenço Ubeda
Os fatores que influenciam a adoção do m-commerce por consumidores universitários
Vinícius Silveira Sório, Monica Fabiana Bento Moreira Thiersch
Suavização de resultados, restrição financeira e endividamento de empresas brasileiras de capital aberto
Aline Roberta Camargo, Flávio Leonel Carvalho

Ciclo 2018/2019

As dificuldades das microempresas para reter profissionais: um estudo de caso
Gabriela Rodrigues Mota, Cristina Lourenço Ubeda
Competência financeira dos estudantes brasileiros: análise do pisa 2015
Mônica Ingrid Silva Carlo, Flávio Leonel Carvalho
Comportamento dos gêneros frente ao risco financeiro: uma revisão bibliográfica sistemática
Laiane Cristina Santos, Flávio Leonel Carvalho
Relevância das notas explicativas sob a ótica da suficiência informacional: o caso Petrobras.
Victor Haruo Nitatori Rodrigues Lourenço, Isabel Cristina Sartorelli
A análise fatorial como base estatística da Metodologia Q
Filipi Gomes de Souza, Isabel Cristina Sartorelli